ALÉM DO MAIS

Fala Muito!

Comemorando que a sessão da Câmara terminaria cedo, antes mesmo de começar, mas já em atraso, o vereador Hércules Giarola fez uma pequena piada com o companheiro de legislatura Silvino Castro, que faltou a sessão. “O Silvino não vem? Então a sessão acaba às 15h10!”, disse o vereador sugerindo que o vereador fala muito.

 

Olha o vírus

A ausência de Silvino foi justificada por questões de saúde. O vírus que lhe afligiu deve ter sido muito forte e influente, a ponto de contaminar outros a seu redor, inclusive computadores. Durante a sessão, o perfil do vereador em sua página do Facebook disparou mensagens para várias pessoas. Justificou-se dizendo que um vírus havia feito as publicações. Resta saber se o vírus estava no computador ou nas mãos do vereador.

 

Ele sim, Cuba não!

A vereadora Cléo Meira, esperta, aproveitou uma brecha durante as falar de dois vereadores para fazer uma pequena média com o médico cubano que atende em Ribeirão Pires, presente na sessão da Câmara. Logo após seu simplório discurso, a vereadora, que ouviu do presidente Banha que “devemos agradecer Cuba”, rapidamente interpelou ao nobre edil e ainda no microfone por duas vezes disse: “Agradeço a ele, a Cuba não. Ele sim, Cuba não!”.

 

Só em partes…

O presidente Banha não deixou passar a oportunidade de “alfinetar” o secretário Paulo Cesar, responsável pela Pasta da SECTUR. Após ouvir as palavras de Anderson Benevides que saiu em defesa do atacado secretário, disse: “Leva o PC lá na Vila do Doce, para a situação. Ele pode ser bom para o esporte, mas para o turismo…”.

 

Sindicato

O envolvimento do Sindicato dos Bancários com o mandato do vereador petista Renato Foresto tomou um novo rumo. Após reclamar que esta coluna havia afirmado que o sindicato exercia influência sobre o vereador, durante a última sessão, o edil desfez o mal entendido: “Está aqui o presidente do sindicato como testemunha”. No que o próprio líder sindical afirmou em alto e bom som: “Não mandamos no mandato, o que temos é uma parceria”.

 

Desmentindo

A secretária de Educação Leo Moura desmentiu categoricamente uma professora de educação infantil que declarou ao Mais Notícias, em matéria publicada na última edição, na página 04, que estaria faltando material para o professor trabalhar. Leo foi enfática: “Não falta material”.

Compartilhe