Além do Mais

Dança das Cadeiras

Pouco a pouco, mudanças vão acontecendo no governo – ainda que de maneira forçada. Rumores de bastidores apontam para a saída de um integrante importante de um setor vital da Prefeitura para a virada do mês e que isso só não teria acontecido ainda porque a pessoa em questão está afastada. Como diz o velho ditado, a cadeira em questão vai estar ocupada por outrem na volta. E, ao que parece, sem choro e nem vela.

Gira o Catavento

O PRP, partido presidido na cidade por Nivaldo Garcia, está em fase de renovação após o pleito do ano passado. Animado, o mandatário tem planos ousados para a legenda que fala, inclusive, em candidatura própria para 2016. A ideia, a partir de agora é “trazer gente nova” por meio de novas filiações e assim “fazer nova política diferenciada do que se vê por aí”.

Solidários?

Além da Rede Solidariedade, há uma série de outros partidos buscando registro junto ao Tribunal Superior Eleitoral, desde uma nova versão da ARENA, também conhecido como o “partido da ditadura” até mesmo uma edição tupiniquim do Solidariedade, partido fundado na Polônia por Lech Walesa, capitaneado pelo deputado Paulinho da Força (PDT), esse com mais chances de vingar até mesmo do que o partido de Marina Silva.

Solidários!

Segundo rumores, há ao menos dois vereadores da região que estão muito atentos à movimentação e prontos a se “solidarizar” com a causa. O objetivo, como não poderia deixar de ser, é achar uma legenda que lhes dê guarida, de preferência com uma nota de corte mais baixa do que em seus partidos de origem para as eleições de 2014, lembrando que falta pouco mais de três semanas para o fim do prazo de filiação eleitoral.

Prepara!

Mesmo sendo considerada uma das mais antipáticas artistas do Brasil, a visita da funkeira MC Anitta (vulgo MC Larissa) à cidade não passou despercebida na Sessão da Câmara de ontem. Tudo porque a dita cuja resolveu criticar a rede hoteleira da cidade, reclamando de ter se hospedado em São Bernardo para o show. Em tom de brincadeira, os edis “morreram de dó” da moça e até mesmo sugeriram que um deles – que é solteiro – a hospedasse em casa e, claro, tivesse direito a assistir ao “Show das Poderosas” de camarote…

E o Rodoanel?

Mas, como nem tudo são flores, o assunto Rodoanel tem causado polêmica na casa. Na última terça, a sustentação oral dada por um representante da empresa passou longe de satisfazer os edis que cobraram a apresentação de documentos. No meio da Audiência, uma munícipe entrou para relatar sua experiência pessoal com a obra, deixando o clima ainda mais tenso. A questão deve se estender ao menos até a semana que vem, quando deve ocorrer nova audiência, desta vez com a presença de munícipes. Até lá, certamente, muita terra irá rolar…

Compartilhe