Além do mais…

De saída

Um dos novos nomes da política municipal, Felipe Mendes está de saída do PSDB. O jovem, que chamou a atenção pelo seu engajamento e discursos ponderados, está em busca de mais espaço e vem sendo sondado por diversas legendas, interessadas em lançá-lo candidato nas próximas eleições. E, ao que parece o “ex-tucano” deve engrossar as fileiras do PSD, legenda que hoje conta apenas com Zé Nelson como vereador.

A Copa do Mundo é dele

Recém-chegado ao PTB, o ex-prefeito de Ribeirão Pires e atual secretário estadual adjunto de Esportes, Juventude e Lazer, Clóvis Volpi, deve ter trabalho redobrado a partir das próximas semanas, já que o titular da pasta, José Auricchio (PTB), deve se licenciar para auxiliar o presidente da CBF e do Comitê Organizador Local, José Maria Marin (PTB) na organização da Copa do Mundo em São Paulo. Com isso, caberá a Volpi tocar todos os outros projetos do esporte no estado. Como diria Lula: força, companheiro.

O cabide vai ter que esperar

No evento de filiação de Clóvis Volpi, chamou a atenção a quantidade de pessoas que estiveram presentes ao evento, entre populares e aliados da gestão passada, inclusive da ex-legenda, o PV. Eram mais de 300 pessoas que foram aplaudir o ex-prefeito e tinham em comum um grande sentimento de agradecimento. Isso mostra que, mesmo fora do poder, Volpi ainda mostra muita força política. É, talvez o cabide do paletó possa ter que esperar um pouco mais para ser utilizado…

Entrou água?

As especulações a respeito das eleições do ano que vem seguem à todo vapor. Agora, a bola da vez seria Anderson Benevides (MD), que estaria apenas aguardando a chamada “janela de transferências” por conta do registro da fusão entre PPS e PMN para migrar rumo ao partido de seu tio, o PMDB a fim de se candidatar a Deputado Federal. O plano está traçado, mas, na hora H pode, como se diz no interior, “dar chabu”…

De cima para baixo

Segundo o Agente do Serviço de Informações Anônimas (SIA), em caso de migração, a sua intenção poderia ser prejudicada por conta de uma possível coligação entre PT e PMDB, que se repetirá na esfera federal e poderia ser “replicada” em São Paulo. Desta maneira, de acordo com o mesmo interlocutor, nesse caso poderia “faltar legenda para ele”, em detrimento de outros nomes, como o de Claudinho da Geladeira (PT), que, como candidato a Deputado Federal poderia até mesmo formar uma improvável dupla com Vanessa Damo (PMDB) ou Paulo Eugênio (PT). Esta, por sua vez, buscará se reeleger para no estado.

Lua de mel

Chamou a atenção na última sessão da Câmara os muitos elogios à gestão Saulo Benevides, em especial os de Zé Nelson (PSD), que criticou os “terceiros” que estariam atrapalhando a velocidade das ações do governo. O único a destoar do clima de “lua de mel” foi Renato Foresto (PT) que, já no Tema Livre, alegou ser da oposição por não concordar com a falta “de transparência e organização” do governo, em especial em relação aos famigerados projetos em regime de urgência que, diga-se de passagem, têm gerado acaloradas discussões pré-sessão.

Compartilhe