Além do Mais

Pode ou não Pode? – Parte I

Semana passada nesta coluna, criticamos o deputado Jooji Hato por ter se atrasado para a sessão solene de aniversário da cidade quando recebera o titulo de cidadão Ribeirãopirense atrasando com isso a sessão em mais de quarenta minutos. Esta semana, fomos questionados por um leitor que saiu em defesa do deputado alegando que o mesmo tem a prerrogativa de chegar atrasado por ser uma autoridade.

Pode ou não Pode? – Parte II

Tomamos a liberdade de discordar do amigo leitor, já que as autoridades devem dar exemplos inclusive de pontualidade. Mesmo tendo o Presidente Banha contemporizado e atrasado o inicio da sessão agradando ao deputado, fica a pergunta: Será que a Assembléia Legislativa ou o Senado atrasariam uma sessão para esperar um vereador? Afinal de contas também é uma autoridade…

Onda amarela

Chamou a atenção o número de agentes de trânsito que foram à sessão da Câmara na última terça, por conta do polêmico projeto enviado pela Prefeitura cujos detalhes o leitor pode conferir na página ao lado. A presença, diga-se de passagem, foi justificável, já que o projeto iria interferir nos seus direitos. Um gaiato aproveitou o ensejo e não perdoou: “mas não vão aprovar esse projeto mesmo. E o medo de descontarem nas multas?”

Acima do bem e do mal

Em todo lugar, há aqueles que se sentem acima do bem e do mal por um mínimo motivo, seja por estar “ao lado do rei”, por ser o “príncipe de plantão” ou até mesmo por pensar que, de alguma maneira, podem influenciar algo em alguma região. Na imprensa, eles são chamados de “dificultores de imprensa”, na vida, os “empata-qualquer coisa” e em Brasília (onde, aliás, há uma horda deles) “aspones”. Um colega de imprensa relatou que um certo senador é uma pessoa mais do que acessível, desde que os tais aspones não tentem atrapalhar o “meio de campo”. Como diria Karl Marx: “a história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa”…

Obrigado, obrigado!!

No último dia 19, esta publicação completou dez anos de circulação e, por conta da data, recebemos uma moção de júbilo por parte da Câmara de Ribeirão Pires, de autoria do vereador Gabriel Eid Roncon. Agradecemos a lembrança, que nos orgulha e dá força para mais dez, vinte, cem anos de inovação, imparcialidade e independência a serviço de você, caro leitor, peça fundamental na história do Jornal Mais Notícias.

Compartilhe