Além do Mais 02/02/2018

Presente de Grego?

A remoção do cavalo de ferro da entrada da cidade deu o que falar em Ribeirão Pires. A escultura foi levada até a capela de Nossa Senhora do Pilar onde tradicionalmente, na festa da padroeira, acontece uma cavalgada.  Fato é que nem todos gostaram da mudança. Estaria Ribeirão Pires na iminência de uma invasão assim como aconteceu em Tróia?

Eles estão vivos

Em meio ao julgamento e condenação de seu maior líder, que possivelmente estará inelegível para as eleições presidenciais, o PT de Ribeirão Pires resolveu aparecer depois de muito tempo de inércia na cidade. E mais uma vez para justificar que a conquista do desconto do IPTU foi concedido por eles. Tá bom, Ok.  A prefeitura errou com os aposentados? Sim. Mas por que aparecer só agora para “reivindicar os direitos” e não trabalhar o ano inteiro fiscalizando a gestão?

Acontece nos Bastidores

A última sessão da Câmara, que retardou a votação de projetos em caráter de emergência, provocou uma inquietação nos edis. Archeson Teixeira (PTB) e José Nelson (MDB) eram os articuladores para que os projetos fossem votados. Inclusive o “Zé” irritou o presidente da Casa ao fazer uma colocação fora da ordem do dia. “Não vou votar nada sob pressão”, expressou Rubão (PSD), visivelmente alterado.

Ovelha desgarrada

O vereador Danilo da Sopa, do partido do prefeito, PSB, parece não estar muito alinhado com o chefe do Executivo. Comenta-se nos bastidores que o edil tem votado contra vários projetos vindos do Gabinete. E que o prefeito não estaria nada satisfeito com a atuação do colega de partido. Ordens superiores estariam tentando reconduzir ao rebanho a rês desgarrada. A sopa do Danilo pode azedar.

Compartilhe