Alckmin e Lair discutem criação de projetos culturais para Pessoas com deficiência

No evento em comemoração ao mês internacional da síndrome de Down, realizado nesta terça-feira no Palácio dos Bandeirantes, a superintendente da APRAESPI, Lair Moura, e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) discutiram a criação de políticas públicas voltadas à inclusão de Pessoas com deficiência nos meios artísticos e culturais.

Governador Geraldo Alckmin e Lair da Apraespi

Alckmin relembrou o bem sucedido modelo do Festival Nossa Arte, projeto elaborado para artistas com deficiência, criado por Lair  em sua última gestão na presidência da Federação das APAEs do Estado de São Paulo (1999-2004).

O governador também elogiou o trabalho da APRAESPI e sinalizou que novas parcerias podem ser firmadas na área.  “Entidades como a APRAESPI são parceiras do governo nas áreas da Saúde e Educação. Podem ser também na promoção de cultura e lazer”.

Já Lair destacou a importância da formação cultural para Pessoas com deficiência. “Nossa ideia é que mais ações como o Festival Nossa Arte sejam criadas em parceria com as APAEs para garantir uma sólida base cultural aos jovens com deficiência, tão importante para a formação profissional e pessoal”.

COLEGAS

O filme “Colegas”, de Marcelo Galvão, foi exibido durante o encontro no Palácio dos Bandeirantes. O longa conta a história de três amigos inseparáveis, Stallone (Ariel Goldenberg), Aninha (Rita Pook) e Márcio (Breno Viola), que vivem em um instituto para Pessoas com síndrome de Down. “Colegas” contou também com a participação do ator Lima Duarte, que sempre colaborou com o projeto Festival Nossa Arte.

O filme já conquistou um prêmio no 27º Festival del Cinema Latino Americano di Trieste, na Itália, e foi escolhido o melhor filme nacional pelos jurados do 40º Festival de Cinema de Gramado, no Rio Grande do Sul.

Compartilhe