Alça de acesso ao Rodoanel está em fase final de estudo

No ultimo dia 15, o Governador Geraldo Alckmin declarou, em visita às obras na cidade de Suzano, o interesse em atender ao pedido para a construção da alça que ligará Ribeirão Pires com o trecho leste do Rodoanel Mário Covas. Segundo o Governador essa alça não estava prevista no projeto inicial, porém o governo tem interesse em atender esse pedido.

A concessionária SPMar, responsáv

Parte da obra passa por Ribeirão Pires

el pela construção da estrada afirmou que há duas semanas concluiu os estudos e entregou a proposta de decreto de utilidade pública do novo acesso. “Neste momento, o projeto está em aprovação final do poder concedente, a Artesp”.

A alça será construída entre a estrada dos Fernandes e a Rodovia Índio Tibiriçá, passando pelas cidades de Ribeirão Pires e Suzano, provendo acesso rápido ao Rodoanel. Segundo a SPMar, o início da obra depende da aprovação final do projeto.

Esta autorização cabe à Agência de Transportes do Estado de São Paulo (ARTESP). Segundo a autarquia, “o projeto elaborado pela SPMar para a construção do acesso entre Suzano e Ribeirão Pires está em estudo pelos nossos técnicos e por enquanto ainda não existe uma data para que a analise seja concluída”.

Histórico – Em março de 2013, as prefeituras de Ribeirão Pires e Suzano fizeram um pedido junto ao Governo do Estado para que o anel viário tivesse uma alça que ligasse diretamente as cidades ao Rodoanel. O prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides, está confiante que o pedido seja aceito pelo Governador: “Ele já esteve visitando os trabalhos em Ribeirão e temos a certeza que seremos atendidos pelo governo do Estado”.

Com 43,5 km de extensão, o trecho Leste do Rodoanel irá cortar os municípios de Arujá, Itaquequecetuba, Mauá, Poá, Ribeirão Pires e Suzano ligando também o trecho Sul e o Sistema Anchieta-Imigrantes deixando o trajeto mais rápido com o Porto de Santos e o Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Compartilhe