A comovente história do leão Ariel

Eliana Maciel de góes

Médica Veterinária

CRMV 4.534

Quem não se comoveu com a história do leão Ariel que, apesar de todas as tentativas possíveis, acabou vindo a óbito no último dia 27. Impedido de andar devido a uma doença degenerativa, Ariel estava com dificuldades para se alimentar e respirar. O animal foi submetido a um tratamento inédito para tentar restaurar os movimentos das patas. O leão tinha três anos de idade, e apresentou os primeiros problemas de locomoção em julho do ano passado. Ele não conseguia ficar de pé e precisava de ajuda para se movimentar e ser tratado.

Foi muito triste ver o grande leão sendo paralisado progressivamente por uma doença degenerativa

Ele foi transferido para São Paulo neste mês para passar por um tratamento inédito, nunca feito em animais, conhecido como plasmaférese – que consiste na remoção das células sanguíneas que causam a degeneração dos movimentos. Ele estava recebendo doações de plasma sanguíneo de outros leões.

O Leão Ariel nasceu de parto cesariana, foi rejeitado pela mãe, e a partir deste momento, o criador do canil, Ari e sua mulher Raquel, resolveram adotá-lo e criar o animal junto com outros animais que viviam no canil em Maringá, no Paraná. O animal sofreu um acidente e, em consequência, perdeu o movimento das patas traseiras. Diversas medidas foram tomadas para diagnosticar qual seria o problema de Ariel, mais o que chamou muita atenção nesse caso, foi a grande mobilização para ajudar o animal, uma grande luta para a sobrevivência de Ariel. Ele fez cirurgia, ganhou uma cadeira para ajudar a se movimentar, fisioterapias, massagens e muito carinho de todos.

Foi muito triste ver o grande leão sendo paralisado progressivamente por uma doença degenerativa até a morte por insuficiência respiratória, mas a história de Ariel deixa uma lição para todos nós: o amor que seus donos dedicaram a este animal, para muitos considerado apenas como um animal selvagem, é um sentimento verdadeiro e intenso que muitas vezes não presenciamos entre os seres humanos.

Compartilhe