ACIARP encerra ciclo de sabatinas com Maria Inês

Terminando a última rodada do encontro entre comerciantes e candidatos a prefeito de Ribeirão Pires, promovida pela ACIARP (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Ribeirão Pires), a prefeiturável Maria Inês foi sabatinada na noite desta última terça-feira, dia 25.

Maria Inês foi a última a ser sabatinada pela ACIARP

Maria Inês mostrou-se mais preparada que os candidatos anteriores, o que permitiu com que sua apresentação fosse mais objetiva. Logo no início, a candidata frisou: “Quando alguém vai escolher um candidato precisa conhecer o passado e sua credibilidade, para dar validade à proposta”, em seguida ela apresentou um resumo das realizações de seus oito anos de governo (1997-2004), o que englobou as obras antienchente, requalificação do Centro, plano de asfalto de vias, reforma e revitalização de parques, renovação da frota de ônibus municipais e outras obras.
Quanto às perguntas recebidas previamente, a candidata incluiu as respostas à sua apresentação. Ao falar sobre o Turismo, por exemplo, Maria Inês disse para desenvolvimento desse setor é preciso trabalhar outros, como Segurança e Urbanização. Dentre alguns projetos prometidos pela petista destacam-se a criação de um Plano Diretor do Turismo e a formatação de um calendário anual de eventos em geral.
Maria Inês reforçou que para se conseguir agilidade em licenciamentos ambientais é preciso mostrar á CETESB que o Plano Diretor da cidade está de acordo com a Lei Específica da Billings. “Vamos revisar as leis municipais relacionados ao planejamento urbano, com isso poderemos deixar a responsabilidade nas mãos da Prefeitura sem prejudicar a missão social da cidade, que é a manutenção dos mananciais vivos e ativos”, destacou.
A candidata ainda abordou outros temas, porém, como ela mesmo reconheceu, todos fazem parte de uma matriz de governabilidade, ou seja, para se desenvolver uma área é preciso cuidar de outras que estão ligeiramente interligadas. Ao rediscutir a Agenda 21 (plano de desenvolvimento municipal para curto, médio e longo prazo), temas como produção imobiliária, reurbanização, Lei Cidade Limpa, convênios com a ACIARP e vários outros temas voltam a pauta de discussão entre Poder

Compartilhe