100 dias de Saúde e Educação. O que mudou e o que ainda vai ser feito?

Saúde passa por reestruturação visando melhor atendimento

Saúde Pública tem se tornado sinônimo de problema e em Ribeirão Pires não é diferente. Cada novo gestor eleito promete resolver as dificuldades que causam impactos diretos aos moradores. Após 100 dias sob gestão do prefeito Adler Kiko Teixeira (PSB), apresentamos as soluções imediatas adotadas pela Prefeitura na busca pela resolução dos problemas na Saúde.

Secretária destaca ações simples que deram resultados imediatos na gestão da Saúde

Secretária destaca ações simples que deram resultados imediatos na gestão da Saúde

A princípio a Prefeitura anunciou a retomada de exames laboratoriais e de papanicolau nas UBSs, mutirões de ultrassom, raio-x e transvaginal, além de medidas para a regularização do atendimento aos pacientes da rede. “Saúde é assunto sério e os moradores não podem ficar sem os serviços essenciais que são dever do município prover. Estamos concentrando nossos esforços para recuperar a estrutura da rede municipal de saúde e, na medida em que formos avançando, ampliar nossa capacidade de atendimento e de serviços ofertados”, explicou Kiko.

Gilda Pereira Menino, 59 anos, moradora do Recanto Suíço, aguardava pela realização de ultrassonografia das vias urinarias desde outubro de 2016.. “Agora que começou a sair (exames), acho um milagre.. Precisa funcionar o serviço, senão a população fica desacreditada e nem procura mais ajuda”, disse a paciente, que realizou o ultrassom durante o mutirão.

Nas unidades de saúde os moradores estavam há meses sem os exames laboratoriais. Desde o início deste ano, a Secretaria de Saúde e Higiene divulga ações que fazem parte do plano de reestruturação da rede municipal. O atendimento pediátrico de urgência e emergência voltou a ser feito na UPA Santa Luzia. A Unidade ganhou, ainda, médico visitador todos os dias para acompanhar de perto o quadro de saúde dos pacientes que ficam nas alas de observação.

A Central de Ambulâncias da cidade voltou à sede na ao lado da UPA para agilizar serviços de transporte entre hospitais.

“Mudamos o modelo de atendimento para uma forma mais humana de prestar assistência aos pacientes da rede municipal. Estamos buscando parcerias e priorizando os serviços básicos, a melhoria da qualidade dos atendimentos prestados por nossa equipe e a prevenção, por meio da conscientização e da informação de doenças”, pontuou a secretária de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires, Patrícia Freitas.

A gestora da Pasta lista avanços do setor no período: reorganização das escalas médicas para disponibilizar ginecologistas nas UBSs, especialmente para gestantes; reorganização do programa de atendimento domiciliar para pacientes acamados ou com baixa condição de mobilidade; reestruturação do serviço da Saúde Mental; intensificação das campanhas preventivas como mutirão de combate ao Aedes aegypti, palestras e disseminação de informações sobre prevenção ao câncer, DSTs, entre outras.

Para conhecer as demandas da população e de que forma os moradores avaliam a rede de saúde pública em Ribeirão Pires, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde e Higiene, também retomou o atendimento da Ouvidoria Municipal de Saúde. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Os moradores da cidade podem registrar queixas e sugestões pelo telefone 4822-8039 ou presencialmente, na UPA Santa Luzia (Estrada da Colônia, 2.959 – Santa Luzia).

Educação destaca plano para melhoria no setor e resultados nos 100 primeiros dias de governo

Legenda: Flávia mostra motivação de trabalhar em parceria com a comunidade escolar

Da Redação

A Secretária de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, Flávia Banwart, sabatinada por vereadores após denúncias de eventuais irregularidades no setor, apresentou o plano de ação que tem trabalhado para resgatar a qualidade da Educação municipal. Em entrevista exclusiva ao Mais Notícias, Flávia fala sobre os desafios e as soluções encontradas:

Mais Notícias – Como foram os  primeiros 100 dias de gestão na Educação?

Flávia Banwart – Realizamos uma análise para identificar os principais desafios da nova gestão. Visitamos e conversamos com os profissionais que atuam na Educação que deram base para as nossas ações.

MN – Quais foram as principais medidas adotadas neste primeiros meses?

Flávia – Reorganizamos a Secretaria, enxugando o quadro de funcionários de 59 para 40; fizemos a manutenção e reposição de peças nos ônibus escolares; convocamos professores aprovados no concurso público; estamos criando e reativando novos lactários em todas as creches; implantamos projeto de acompanhamento de peso e altura dos alunos com consultas de nutricionista e pediatra;  conseguimos a redução do desperdício da merenda em cerca de 47%.; houve o resgate do Desfile Cívico com a participação de 3 mil alunos; distribuição de fraldas e produtos de higiene que não havia em estoque, entre outras ações internas.

MN – E para o restante do ano, onde será o foco da Secretaria?

Flávia – Para os próximos meses estamos focando em  diversas ações que impactarão em melhorias educacionais como: Discussão do Plano Municipal de Educação, atualização da Base Nacional Comum Curricular; abertura  do processo seletivo para contratação de professores temporários que acontecerá em maio. Além disso,  nossa gestão está promovendo formações continuadas com os coordenadores que são os multiplicadores nas escolas; estamos finalizando os tramites burocráticos para aquisição de novos uniformes, materiais escolares e ainda estamos realizando estudos para melhorias e otimização dos espaços físicos para implantação de creche parcial e a criação do Departamento de Avaliação e Acompanhamento Social Educacional;  Na área de equipamento escolar havia  obras abandonadas de construção de duas quadras esportivas que serão construídas e beneficiarão centenas de alunos.

MN – Os funcionários da Educação estão com o mesmo engajamento?

Flávia – A Rede Municipal tem profissionais competentes que contribuem para os resultados positivos e melhoria da qualidade de ensino. Além disso peço o apoio da  comunidade escolar. Juntos transformaremos a Educação de nossa cidade positivamente.

 

Compartilhe