1º de Maio reúne discussão social, movimento sindical e política no mesmo local

A defesa do emprego e da produção nacional são pautas prioritárias neste próximo 1º de Maio, Dia do Trabalho, nas manifestações organizadas pela CUT (Central Única dos Trabalhadores), tanto no ABC quanto em São Paulo. Os tradicionais encontros sindicais acontecerão nos pontos já conhecidos: Paço Municipal de São Bernardo e para o Vale do Anhangabaú, na Capital.

Segundo Mauro Coelho, diretor social e coordenador da subsede de Ribeirão Pires do Sindicato da Construção Civil de Santo André, os atos têm a finalidade de manter acesa a mobilização dos  trabalhadores em torno das medidas econômicas do Governo Federal para estimular a economia. “Com nossa pressão, conseguimos fazer o governo apressar o Plano Brasil Maior, de estímulo à produção nacional, como medida para a geração de emprego em resposta ao aumento das importações, que geram empregos em outros países”, descreveu o dirigente.

Segundo ele, a pauta histórica do movimento sindical também continua de pé. “O Dia do Trabalhador é fundamentalmente um dia de luta por melhores condições de trabalho, por melhores salários e pela redução da jornada, bandeiras que se relacionam com a melhoria da qualidade de vida do trabalhador”, salientou o sindicalista.

Impacto na categoria – Mauro também lembrou que o 1º de maio deste ano acontece num ambiente totalmente diferente aos demais trabalhadores no mundo, especialmente os europeus, e  com novas e boas perspectivas para o segmento que atua. “A campanha do Governo Federal pela queda nos juros tem impactos diretos em nosso setor. Com dinheiro mais barato, mais pessoas conseguirão financiamento para a casa própria e mais moradias significam mais obras e postos de trabalho”, analisa.
Outra novidade positiva é a linha de financiamento da Caixa Econômica Federal para mobiliário às famílias de baixa renda beneficiadas pelo programa ‘Minha Casa Minha Vida’. “É um crédito que fecha a outra ponta de nossa categoria e a beneficia, que é o setor moveleiro”, destaca Mauro Coelho.

Programação – Em São Bernardo, o ato de 1º de maio será no Paço a partir do meio dia com shows e ato político no final da tarde. Os destaques da programação artística são as apresentações de Bruno e Marrone, Paula Fernandes, Leonardo, Luan Santana entre outras. No Vale do Anhangabaú, as comemorações acontecem em dois dias. No dia 30 de abril haverá show com Arlindo Cruz, Lecy Brandão, Jorge Aragão, Marcinho do Cavaco, Reinaldo – Príncipe do Pagode, Happin Hood e apresentações como bumba- meu- boi, carimbó  e jongo; No dia 1º, apresentações da Elba Ramalho, Renato Borguetti, Paula Fernandes, Edison e Hudson . Neste dia irão ocorrer atos religiosos, culturais e políticos.

Compartilhe